segunda-feira, 30 de janeiro de 2017

Paz! Empenhando-se para alcançar

Por isso, esforcemo-nos em promover tudo quanto conduz à paz e à edificação mútua. Romanos 14:19
A Palavra do Senhor nos incita a promover a paz, mais para que essa paz venha a existir entre nós se faz necessário que haja amor, alicerçados a compreensão e o perdão, mas infelizmente, devido ao nosso coração endurecido pela falta de amor. Estamos vivendo uma época conturbada, raramente temos momentos de paz, somos reféns do medo, prisioneiros em nossas casas, amedrontados pelo império da violência, Todos os dias nos jornais ou noticiários têm manchetes sobre atos de violência, pelos mais diversos motivos: Intolerância por conta de credo religioso, de raças, de classes sociais, situação econômica e até conflitos internos nos nossos lares. Desatentos a nossa real situação, como coprodutores desse turbilhão chamado violência, digo coprodutores porque muitas vezes a paz em nosso dia, só depende de nos calarmos alguns segundos; esperamos que os governantes, as instituições, ou os líderes religiosos, nos apresentem uma solução. Apesar de não acreditarmos mais que alguém possa resolver esta situação. De forma ampla: Queremos um mundo onde haja paz!
Porém é interessante constatar que, apesar de toda nossa evolução tecnológica, material, e da ciência, não conseguimos solucionar a maioria dos problemas atuais, principalmente esse. Queremos mudança, mas esquecemos de que essa mudança só será possível se nós formos os primeiros a dar o exemplo às pessoas só mudam quando motivadas. Mahatma Gandhi, uma das figuras históricas mais reconhecidas como pacifista. Tinha algumas ideias sobre como seria possível mudar o mundo, entre elas destaquei a seguinte: Muda-te a ti mesmo - "Se você quer mudar ao mundo, antes de tudo comece você esta mudança para o bem". A paz que tanto, desejamos é perfeitamente possível, mas para acontecer é preciso focar nossa atenção em nós mesmo, em nossas atitudes. É preciso que tenhamos a consciência de que todos nós somos os responsáveis diretos pelo mundo que queremos ter, segundo: Dalai Lama “A chave para a paz mundial externa é a paz interior, baseada no respeito mútuo, na compaixão e no amor”  E essa conscientização irá eliminar os abismos separatistas que existem entre nós, e consequentemente nos trará a paz. Essa ideia também se aplica ao nosso cotidiano queremos paz em nossa casa, em nossa rua, em nosso bairro, cidade, país. Para tornar a paz possível, é preciso nos empenhar para alcança-la, para isso bastam algumas atitudes simples, entre elas vamos destacar algumas: Sorria, um sorriso é capaz de derrubar barreiras. Mantenha a chama do amor, lembrando ao outro o quanto você o ama, faça uma ligação ou mande uma mensagem. Procure cumprimentar as pessoas que você encontrar ao longo do dia. Seja grato, agradeça sempre, mesmo que não precise fazê-lo. Use e abuse de delicadeza no trato com as outras pessoas, em casa procure ajudar nas tarefas diárias limpando que você sujou. Tenha atenção a quem lhe vier ao encontro ouça a historia do outro sem pré-julgamentos, e se necessário corrigir faça com amor. Esteja, atento a necessidade do outro, procure ajudar a quem quer seja, tanto materialmente, espiritualmente, reconhecendo as qualidades, ou simplesmente comemorando uma vitória, ou superação de algum obstáculo. É imperativo buscarmos a unidade Deus e com sua criação, para alargarmos nossa visão, e assim compreender que a paz tão desejada e nossa permanência neste plano dependem essencialmente de nossa união com todos os que estão a nossa volta.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

BÍBLIA ONLINE

O PENSADOR

Seguidores